segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Sabatinado pelo diabo




Planos esculpidos sobre areia.
Sonhos deveras grande.
Desvarios em busca da conquista.
Decepções por não ter obtido.
Amigos se vão.   
Oportunistas o laçam na prisão.
O querer bem dá seu último suspiro.
Buscar o sentido de não ascender
Simples conclusão pra quem tem o pastel na mão.
De tudo o que prometeu, o que fez?
Do que ofertou, a quem agradou?
Misera alma!
Buscas aflita olhando em torno o contorno do esboço que por um só olho a miopia o impede de arquitetar.

Sandra Freitas
São Paulo, 10 de Dezembro de 2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário