terça-feira, 30 de setembro de 2014

Ato Libertário








Esbarro em constantes gemidos. 
Amordaçada,  travam o último suspiro.

Sussurros oblíquos,
 o astuto  inimigo,
 imaginário (implícito),
 retem o ato libertário de gozar.













Um comentário:

  1. Comentário postado no site Recanto das Letras

    25/09/2014 22:32 - Sô Lalá
    Boa noite Sandra. Uma frase circunstancial psicológica. Um abraço.

    25/09/2014 22:29 - Maik Santana
    No balanço do mar procurei navegar, e acabai naufragando no teu êxtase. Abraços

    25/09/2014 22:21 - SILVIA REGINA COSTA LIMA
    Olá! Boa noite!......pensamento sensório.. ..... e hoje eu também tenho o haikai - DOCE BALANÇO - Um beijo azul

    ResponderExcluir