segunda-feira, 5 de novembro de 2012



Maravilhou-se a donzela Maristela ao ser presenteada aquela hora da manhã com uma noticia tão calorosa.
Considerou uma dádiva, não merecia. Estava cheia de gratidão.
Observou da calçada toda manifestação.
Pessoas se aproximaram e lhe davam toda informação.
Pra quem não entendeu bolhufas, tiro a duvida.
Maristela teria sido contemplada com uma benção?
Não! Fora noticiado que o velho trapalhão, que vivia na solidão teria sido libertado.
Alegria de muitas, pois seu João alfaiate de profissão voltaria a encher de beleza os jovens festeiro da querida São Sebastião.



Sandra Freitas
São Paulo, 05 de Novembro de 2012.



Nenhum comentário:

Postar um comentário