domingo, 16 de dezembro de 2012



Quando 

Na pretensão, arquitetava a próxima ação.
Impossível era de ocultar o que emanava do olhar.
Vem, vambora! Menino de engenhos.
Espera aí, só um momento.
O que você disse digeriu o ouvido
e não se importando com as sobras, o mundo deu uma volta
de deliciar-me outra vez com um certo alguém.

 http://www.youtube.com/watch?NR=1&v=B_k29qtIwNE&feature=endscreen

Sandra Freitas
São Paulo, 16 de Dezembro de 2012.

Nenhum comentário:

Postar um comentário