quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Só Mais Um Pouquinho









Sugo teu sumo. O tempo me esgota. Consumida esta minha energia num ato vadio do sexo em flagelos e flexões melindrosas. Da mão que me agarra com pesar e pressa, 
     Desconheço 
           a
            face 
              indefesa 
           e
              corrupta 
           de
             quem  
             me 
            roça











Um comentário:

  1. Comentários postados no site Recanto das Letras

    19/12/2013 07:12 - APENAS UM GENTLEMAN
    Mais um momento perfeito, pleno de sensualidade e genialidade que você transmite a cada letrinha sua... Adorei a ler... Beijinhos deste gentleman Dy Anjo... Um feliz Natal...

    ...

    19/12/2013 08:49 - Miguel Jacó
    Bom dia Sandra, seus versos narram uma cena de intensas trocas afetivas, um grande abraço, MJ.

    ...

    20/12/2013 10:22 - Stein haeger
    Perfeito ato, com um que de pecado, mas sejamos profanos, mesmo que insanos, pois o prazer do que é proibido sem vem com um ingrediente a mais, e a entrega atinge todos os limites, como se fosse a única vez, então é direito termos tudo e mais um pouquinho.

    ...

    20/12/2013 14:02 - Percy Ferrer
    Menina!!!isso sim é lindo demais..bjs

    ResponderExcluir