domingo, 14 de setembro de 2014

Acovardis





Da grandeza dos insensíveis se fez amigo.
Não tiveste pena de meu corpo que no desejo ardente
perturbara-se sendo exposto a ignomínia.
Loucuras, atribui.
Injúrias? expeli!
Exacerbei ao que vinha me retrair.
Agora caminho com a incerteza de quem tem ente desaparecido...

Não houve corpo delito!









Nenhum comentário:

Postar um comentário