quarta-feira, 31 de outubro de 2012


                

                        “HEY, HO, LET’S GO!”
UM ROTEIRO DE
SANDRA DE FREITAS





INT.SALA.NOITE

RUBENS(33) sentado no sofá, com três homens e uma mulher olhando para ele.

PAUSA

INT.SALA.NOITE

DINHO(30) No sofá, transando com JANE (23). Ela dá um suspiro.

JANE
                    Cansei! quero dormir!
    
DINHO
O que aconteceu gostosa?

PAUSA

INT.ESCADA DO PRÉDIO.NOITE

RUBENS sobe o primeiro lance de escada, mas retorna. Deu sua palavra que entraria na agência com os amigos, mas estava querendo desistir.

RUBENS
                   Que merda! Por que fiz isso?
                  

A campainha toca várias vezes. Dinho e Jane dormem.

INT.SALA.NOITE

DINHO
                Pérai porra!  Já tô indo.

Dinho liga o abajur, olha pra Jane, dá um tapa em sua bunda, a cobre e levanta.


DINHO
                Eai, Clebinho! Salve meu querido!
                Entra ai e se acomode!

CLEBINHO (22)
                Caralho véio! Pensei que você
                não iria abri a porra dessa porta.
                Cadê o resto dos caras?

DINHO
                Calma lá! tão chegando.

Em seguida a campainha toca. Dinho vai ver quem é.

DINHO
   Caramba seu louco, pensei que
você não vinha! Entra ai!

MARCOS(28) Entra na sala e cumprimenta Clebinho.

MARCOS
                Como vai essa força meu jovem?

CLEBINHO
                Mais pra lá do que pra cá.
                Ficou sabendo não da treta que
                tive com minha mina? Foi foda!
                Foi embora e me deixou durango
                aquela filha da puta!

A campainha toca e Clebinho abre.

CLEBINHO
                 Ô loco meu! Demorou hein!
                 Pensei que tinha desistido.

Rubens entra, cumprimenta todos.

RUBENS
                 Foi mal meu atraso! Mas na Rebouças
                 O trânsito estava um inferno.

MARCOS
                 É isso mesmo ou você pensou em
                 desistir?


RUBENS
                 Já disse, tava o maior transito.

CLEBINHO
                 Tá com dúvidas BINHO, acho melhor
                 nem ir, você não sabe de nada e
                 assaltar um banco é bem difícil
                 isso e é pra ladrões profissionais.
       
DINHO
                       Pode crer cara!

RUBENS
                  Não estou aqui caralho!
                
CLEBINHO
                  Tá com medo de virar mulherzinha
                  na prisão? Risos. Quero só ver se você
                  vai dar mancada com a gente. Tô me
                  lixando pro seu medo, pro que você é?
                  Pro que você tem ou pode oferecer?   
                  Entrei nesse barato e quero sair com
                  minha parte da grana. Você Binho é um   
                  vacilão! otário! troxa!

Neste momento Rubens saca uma arma e encosta na cabeça de Clebinho. Os outros três fazem o mesmo, mas na direção de Rubens.

PAUSA

DINHO
                Vão tomar no cú vocês dois caralho!  
                Chega! Vamos resolver logo essa parada.
               
RUBENS (V.O)
              Ela preferiu ficar comigo seu corno!

 Jane que dormia num dos sofás acorda, boceja e olha todos.

JANE
                Caramba! Vão se catar! Ficam berrando
                e nem me deixam dormir.


DINHO
                Eles já vão dar no pé amorzinho.

Jane procura a garrafa de wisque, enche o copo, senta numa poltrona, acende um cigarro e emburrada espera.

MARCOS
                O banco vai ser aquele mesmo na Av.
                Ipiranga? Que deu pra contar são quatro  
                seguranças. Uma doze, um fuzil deixa
                comigo que isso eu arrumo. Tens uns caras
                que me devem uns favores. Quem vai ficar
                no carro, quem vai entrar e quem vai
                pegar a grana?


DINHO
                Calma lá! Eu e o Clebinho vamos render
                os policiais. O Rubens pega o gerente
                e nessa hora você vai pegando a grana.
                E a Jane vai esperar nós do lado de
                fora com o carro ligado.


MARCOS
                OK! Algum problema Rubens em
                Pegar seu colega de trabalho?

Dinho e Clebinho se aproximam de Marcos.

CLEBINHO
                Acho que devemos selar isso.
Dinho olha para Rubens que permanece sentado no sofá.

DINHO
                 E ai irmão, você que deu a
                 Ideia, vai ramelar agora covarde?

Clebinho sorri.






RUBENS (Gritando)
              Nunca mais ouse me chamar de covarde!
              Não! Não há problema Sr. Marcos otário .


Marcos, Clebinho e Jane olham para Rubens. Ele levanta e coloca sua mão sobre a mão dos outros e num brado falam: “Hey Ho Let’s Go!”

Jane acende mais um cigarro e vai em direção a vitrola procura um disco e põe pra tocar.

O som de uma batida de carro, faz Dinho acordar. Ele olha para Jane que dorme. Pega o cigarro, acende e sorri.

INICÍO DO FLASHBACK

INT.SALA.NOITE

RUBENS
              Tô meio sem grana esses dias, caras
              vamos assaltar um banco?   
           
Os três amigos sentados no sofá, se olham e caem na gargalhada.

FIM DO FLASHBACK

DINHO(V.O)
              Que sonho... Caralho! só muito louco
              mesmo pra ter uma ideia dessas.

Sorri.

Nenhum comentário:

Postar um comentário