quinta-feira, 1 de novembro de 2012


Sr. Milicia

- Nada disso!
Como ousaste desacatar-me? Dissera o Comendador.
Homem sério, porém chulo, mas Comendador.
- Seria eu um mero cidadão para passar por tal vexação?
- Basta! Chamem o meirinho!
  No recôndito de uma cela de prisão todo homem faz sua petição.


           “Na tonga da mironga do cabulete”           

Nenhum comentário:

Postar um comentário