domingo, 20 de outubro de 2013

Tu in mim




Avessa, com força e sem pressa ele me atravessa
Último gemido
Na perna resquício do fluído
Fim do ato tido sem juízo
Viva a esculhambação dos sentidos!










Nenhum comentário:

Postar um comentário