quarta-feira, 11 de junho de 2014

Cuide-se







Embora os contra tempos, desalentos, angustias que metendo o pé na porta nos assolam, sem pedir licença. Esse é e sempre será meu antidoto pra erradicar o desprezível em demasiado desmedido, incompreensível mal.

"Cuide-se bem
Prá nunca perder
Esse riso largo
E essa simpatia
Estampada no rosto"

(Guilherme Arantes)










Nenhum comentário:

Postar um comentário