sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Eliísios









Quem sabe mude (de ideia), muito e toda. Mas enquanto envolvida por lapsos que Infernizam o rei diante o espanto de sua condição humana, sigo suja, implorando a sorte que termine o dia (antes que aperte o gatilho) e tudo (enfim) se torne paz. “submergia ao gozo extra terrestre, dizem, onde tudo cessa. Insistia em negociar...
 - então, não to dizendo, pra que eu voltar? Deixa eu ficar.













Nenhum comentário:

Postar um comentário