sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Note








Por opção, já estou sem tv há uns dois anos e como escape via o mundo pela tela do meu notebook. Bem, ele quebrou. Enquanto aguardo o conserto, no tempo onde o agora é peça descartável, me vejo com os meus pensamentos, num canto qualquer da casa, sozinha.
Nessa ilha onde o mundo grita, noto que o que pensava estar quebrado, está intacto. Só a mente me assombra quando dou vazão.















Um comentário:


  1. Comentário postado no site Recanto das Letras

    17/01/2015 18:19 - SILVIA REGINA COSTA LIMA
    Olá! Boa tarde!........... ..estamos todos dependentes da tecnologia... quando ela falta, ficamos a sós conosco mesmos....e é bom, sim.... escrever também.......... e hoje eu também tenho - DEUSES, HERÓIS, NINFAS... em meu soneto n.326 ........ Um beijo azul

    ResponderExcluir