segunda-feira, 2 de março de 2015

Pega Ladrão!






Af! ontem, fui até dormir mais cedo. Vivendo sobre o autoritarismo camuflado em liberdade, sou tragada por  sentimentos inflamado,  gosto  acido, cujo meu organismo  antes inóspito agora aprova. São normas que não se cumprem, enrustidas a luz de holofote o que de fato traria a sobriedade, ao contrário, constante impulsão gástrica.
 Não assisto tv, porém,  na área de lanche da empresa, vi  fomentar risos e piadas.  Cheguei mais perto, sim, era o horário (obrigatório) eleitoral. Pareceu um programa de auditório, daqueles de comédia, sem graça, claro. Dessa zorra toda, também riria se não fosse meu, sua, a taxa arrecadada,  indo corruptamente para o bolso de uma classe que vem se tornando maioria, nossos elegíveis (embora fichas sujas) candidatos seja lá qual for a insignia. O pais da corrupção, Brasil. pedem redução a maioridade penal. Ironizaria o motivo., se as estatísticas não constatasse a maioria jovens   preto e pobre. A jaulas vemos,  mas em  curto tempo as múmias "estadista" , que resguardando suas crias permanecem ilesos no comando da bagaça, vulgo "poder" democrata. O mundo tá bagunçado. Vivas para o homem, que de bem, se esforça em não entrar na ciranda ultrapassada, ciente de antecederem  no a um  otário.

Sendo a máxima verdadeira: "ladrão que rouba ladrão, tem cem anos de perdão", do jeito que os escândalos urgem e as coisas andam, quem gritará: pega ladrão!











Texto escrito em 21/08/2014 no site Recanto das Letras 
e reformulado em 02/02/2015









Nenhum comentário:

Postar um comentário