domingo, 22 de junho de 2014

Tic, tac a vida vai passando e o crime... desorganizando.






Sabe aquele tipo de situação que você acredita piamente ”não tem jeito!”; solução, luz no fim do túnel, tudo isso acaba sendo uma besteira? Pode até parecer falta de fé, talvez seja, mas o sentimento aqui na região era bem esse. Porém, um fato bom aconteceu na vila. Um certo ponto de encontro e venda de drogas, foi a força braçal, empunhando uma picareta desfeito. Pois é, tivemos uma surpresa por aqui, logo no início dessa semana. Esse ponto, localizado na esquina da rua onde moro, foi de certa forma, desmembrado. Digo de certa forma, pois alguns em ato brado, declaram resistência. O local fica(va) em frente a padaria, na esquina da minha rua. Donos anteriores numa bela e digna reforma, construíram jardins na lateral, próximo a porta de entrada, onde o muro, para o cansado, servia de assento. Beneficio esse usufruído apenas pelos cansados do trabalho da delinquência. Triste fim, pois alguns vi crescer. Situação nada agradável era ir à padaria e ser obrigada a passar por aquele corredor cheirando a terror e crimes. As esquinas paranoias, delirantes, já não são as mesmas. Havia respeito dos integrantes das quadrilhas pela vizinhança e hoje a nova geração fere a conduta, lesando-nos em roubos e furtos e espalhando o terror. A insegurança é geral e para aquele que se destina a correr o risco entrando nessa vida, a violência na mente de tais chega a um grau, onde o ser humano enfurecido vira bicho. Tenho medo, e estava cansada, de saco cheio de correr esse risco pelo menos por aqui. Foi um alivio ver os destroços daquele jardim, espalhados pelo chão, perdemos na paisagem, na qualidade de vida, esse é meu único lamento, mas graças ao bom Deus (apelando mesmo) fomos presenteados com uma trégua no medo e sinceramente não importa de que lado você esta, se direita ou esquerda. A situação é a seguinte, a legislação esta cheia de leis de proteção e direitos civis, mas sob risco de vida e insegurança geral é o que vivemos.
Moro no extremo leste de São Paulo – Itaim Paulista, vulgo Itaim rock city.









Nenhum comentário:

Postar um comentário