segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Piada pronta: " A Distância" - das comédias de uma vida privada.







Não costumo fumar dentro de casa, por isso deixei o som numa altura considerável, que eu pudesse ouvir na parte de cima da casa. Subia a escada quando iniciava a frase que navalha a carne "quantas vezes eu pensei voltar e dizer ..." Ah, Roberto Carlos... Chegando, senti a brisa fresca, companheira que não tem sido rotineira, animada por eu estar ali. Acendi o cigarro, o olho fixo em um ponto qualquer, embarcara na dor da lembrança de um alguém e quem sabe saudade. O olho que lacrimejava por causa da inflamação, dava o efeito perfeito em referência a letra "mas o meu silêncio foi maior..." pego o cigarro e novamente levo a boca, foi quando na casa ao lado, uma mão apareceu pra fora da janela, a vizinha, com suas unhas cor de rosa. A janela foi fechada, constrangida, cai na real. Enquanto eu me lastimava por uma dor, a fumaça do cigarro a incomodava.






















Nenhum comentário:

Postar um comentário