quinta-feira, 7 de maio de 2015

A Vida






Tolice se debater
O tempo é senhor supremo
Às ausências

Berrou a louca com razão:
 A gestação são nove meses!
De imediato respondi:
Porém,  anunciada!

Abri uma lata de cerveja
Quem sabe eleve o apetite a mente
e
Descrente do caminho
Devaneie sob influências de exasperados lamentos
Poção surreal  - a vida.
Contexto
Tênue
Plena
Assistida  através da fresta
Da janela
Contemporaneidades da beleza frívola do dia.
(...)
Quem saberá o que virá em seus subsequentes (...)

Que assim seja!









Um comentário:

  1. Comentário postado no site Recanto das Letras

    11/04/2015 15:56 - Fábio Brandão
    É assim que se deve pensar.Um abraço e felicidades...

    09/04/2015 21:18 - J Estanislau Filho
    Beleza Sandra, o que virá, o futuro dirá. Abraço.

    09/04/2015 21:16 - Severino Filho
    BELO POEMA!

    09/04/2015 21:02 - Camila Amaral Pereira
    Que assim seja! Parabens pela escrita!

    ResponderExcluir